thumbnail Olá,

O português não parece preocupado em ganhar o troféu e negou rivalidade com Messi

Entre os três finalistas do prêmio Bola de Ouro para o melhor jogador do mundo, Cristiano Ronaldo está com a consciência tranquila e demonstra não se preocupar muito com o trofeu.

"Não é um prêmio de vida ou morte. Se ganhar, ótimo. Se perder, segue a vida. Fiz o que tinha que fazer no ano passado, tenho a consciência tranquila ganhando a liga e a Supercopa da Espanha", declarou o português durante a coletiva do evento.

O craque também aproveitou a ocasião para negar sua rivalidade com Lionel Messi, que concorre com Cristiano e Iniesta à Bola de Ouro. "Não me sinto frustrado. Eles fazem seu trabalho, eu faço o meu. Não existe uma rivalidade de quem ganha mais. Claro que estamos aqui para ganhar, mas a rivalidade não existe. O que queremos é desfrutar", afirmou.

Sobre os recentes episódios de racismo no futebol, Cristiano Ronaldo se mostrou indignado. "Eu acho que isso não pode existir. É apenas uma partida de futebol. Não é bom para os torcedores ou para ninguém, deveríamos viver em paz, todos nós", disse.

Relacionados