thumbnail Olá,

EGITO 3 X 1 BIELORRÚSSIA

A estreia com derrota parece não ter abalado os egípcios, que acreditaram até o final e acabaram conquistando a segunda vaga no Grupo C, ao baterem a Bielorrússia por 3 a 1. A equipe do brasileiro naturalizado Renan volta para casa mais cedo na disputa do primeiro grande torneio de sua história.

Melhores durante a maior parte do duelo, o Egito levou perigo principalmente em tiros de média distância na primeira etapa, sem conseguir muito sucesso. A situação mudou na segunda, quando os Faraós aceleraram o jogo e abriram o marcador: aos 11 minutos, Salah recebeu lançamento nas costas da defesa, ganhou na disputa de corpo e tocou na saída de Gutor.

Após a marca dos trinta minutos, os egípcios marcaram mais dois: Aboutrika abriu para Ramadan, que cruzou para Mohsen, livre, escorar para as redes, e o próprio capitão apareceu mais tarde para finalizar o cruzamento de Gaber após um grande contragolpe. No final, Voronkov ainda descontou após cobrança de escanteio, mas já era tarde.

O resultado leva os Egípcios ao duelo contra o Japão, primeiro colocado no Grupo D. A partida está marcada para sábado, às 08h, em Manchester.


MÉXICO 1 X 0 SUÍÇA

Outra surpresa do torneio foi a eliminação da Suíça, que mesmo conhecida antes da rodada final, terminou de maneira melancólica. Os europeus foram derrotados por 1 a 0 pelo México, que ficou com o topo do Grupo B, e pega Senegal, segundo colocado da chave A, no sábado, às 10h30m, no Wembley.

Pressionado na primeira etapa, os astecas acordaram para os 45 minutos finais, quando agarraram a vitória com o gol de Omar Peralta: lançamento mal afastado pela defesa e o atacante do Santos Laguna colocou no canto de Diego Benaglio, que nada pôde fazer. O México até teve mais oportunidades até o final, mas o placar ficou assim.


CORÉIA DO SUL 0 X 0 GABÃO

Os sul-coreanos irão encarar a Grã-Bretanha após um empate sem gols contra o Gabão, que fecha em terceiro no Grupo B. Carente em emoção, a partida fica como lição para os asiáticos, que marcaram apenas dois gols na fase de grupos, justamente na vitória sobre a Suíça, no domingo.

O duelo de quartas-de-final será disputado no sábado às 15h30m, no Millenium Stadium em Cardiff.


ESPANHA 0 X 0 MARROCOS

Mais do que os suíços, melancolia serve para definir a campanha da Espanha, campeã sub-21 da Europa, que termina sem um gol sequer marcado. O empate contra Marrocos sequer impediu que a Fúria terminasse na última colocação do Grupo D, atrás inclusive dos africanos.


JAPÃO 0 X 0 HONDURAS

Com a vaga na mão desde domingo, os nipônicos puderam relaxar na rodada derradeira do Grupo D, contra os vice-líderes hondurenhos. A partida foi marcada pelo equilíbrio entre os dois times, que buscaram o gol mesmo com a classificação assegurada, mas não tiveram sucesso em encontrar as redes.

O resultado manteve o Japão na primeira colocação do Grupo D, que terá o Egito como adversário nas quartas. Já os hondurenhos terão a Seleção brasileira pelo caminho, às 13h, em Newcastle.


GRÃ-BRETANHA 1 X 0 URUGUAI

Difícil de acreditar, mas nem o favoritismo unânime salvou o Uruguai de Luis Suarez da eliminação precoce nos Jogos Olímpicos. Pressionado pela derrota para Senegal, a Celeste foi derrotada pela seleção britânica por 1 a 0 e deu adeus ao sonho do terceira medalha de ouro em sua história.

O primeiro tempo teve oportunidades escassas para os dois lados, mas a leve superioridade dos donos da casa acabou fazendo a diferença. Em ataque rápido nos acréscimos, Joe Allen recebeu dentro da área e cruzou rasteiro para Sturridge dividir com a defesa e marcar o gol da vitória.

Primeira colocada, a equipe local encara os sul-coreanos por um lugar nas semifinais.


SENEGAL 1 X 1 EMIRADOS ÁRABES

Moussa Konaté, o goleador dos Jogos até aqui, anotou seu quarto gol no empate com os últimos colocados do Grupo A. A equipe africana garantiu o segundo lugar no Grupo A, e vai encarar os mexicanos nas quartas-de-final.

Mas a jornada não foi fácil para Senegal, que saiu perdendo. Aos 21 minutos, Eisa partiu em jogada pessoal na linha de fundo e rolou para Matar encobrir o goleiro com um lindo toque e abrir o marcador. Com algumas mudanças no intervalo, porém, veio o empate: Souare fez jogada pelo flanco e cruzou na medida para o camisa 7 marcar e decretar o empate, nos primeiros minutos da segunda etapa.

Relacionados