thumbnail Olá,

Veterano é o capitão da seleção anfitriã nos Jogos de Londres

Mesmo se tratando de um dos grandes nomes do futebol mundial, o meia Ryan Giggs nunca teve a oportunidade de disputar um grande torneio entre nações defendendo o País de Gales. Agora, aos 38 anos, no papel de capitão da seleção britânica, ele não só recebe essa chance como mira alto: quer conquistar a medalha de ouro nos Jogos de Londres.

Ele admite que uma conquista olímpica teria uma relevância ainda maior que os troféus que conquistou na carreira de mais de 20 anos pelo Manchester United.

"Uma medalha de ouro vai estar lá em cima no meu ranking. Eu não gosto de priorizar troféus ou medalhas porque todas as competições são boas de ganhar. É sempre um desafio, não importa o que você tenha ganhado antes", disse o canhoto, em declarações reproduzidas pelo ESPN Brasil.

"Obviamente penso em chegar longe. Tenho aproveitado cada segundo desta preparação. Estar envolvido em uma competição como a Olimpíada neste ponto da minha carreira é algo extremamente empolgante."

Giggs se sentirá em casa durante a 'estreia' no certame internacional: a Grã-Bretanha encara Senegal no Old Trafford, casa do United, nessa quinta-feira.

"Será estranho, mas eu já fiz isso uma vez, quando joguei com a seleção do País de Gales contra a Inglaterra. Foi complicado porque ficamos no vestiário dos visitantes. Dessa vez também será diferente, mas por sorte vamos ficar com o vestiário dos mandantes", encerrou.

Como se atualizar com as notícias do futebol mundial fora de casa? Com http://m.goal.com - sua melhor fonte de cobertura para celulares do futebol.
          

Relacionados