thumbnail Olá,

O goleiro, que repetiu o feito de Rogério Ceni em 2005, fala sobre a partida

Grande destaque do Corinthians na conquista do título Mundial, em uma vitória por 1 a 0, sobre o Chelsea, Cássio fez questão de atribuir a taça e o prêmio individual como melhor jogador a seus companheiros de equipe.

"Ganhei esse prêmio graças aos meus companheiros, que correram, lutaram muito e fizeram diferença. É muito difícil algum goleiro ganhar, fico muito feliz. Mas esse trofeu também é do Júlio Cesar, do Danilo, do Matheus e de todo mundo que estava treinando e ajudando", delarou.

O gaúcho também fez questão de exaltar o espírito de equipe presente no elenco, crucial para chegar à taça. "O grupo é assim, muito unido. Quando o Douglas saiu, o Tite preferiu colocar o Jorge Henrique, ele não sai emburrado e nem faz cara feia. O grupo se ajuda e isso faz a diferença na conquista".

Sobre a defesa mais difícil, Cássio não tem dúvidas na hora de escolher. "Todas as defesas são boas, porém a mais difícil foi a do Moises pela curva que o chute pegou, mas consegui usar a envergadura e defender bem", afirmou.

Relacionados