thumbnail Olá,

Zagueiro do Bayern de Munique fala com respeito sobre os concorrentes, mas afirma que quer mostrar serviço e sonha em disputar a Copa do Mundo pelo Brasil

O zagueiro Dante ainda não é muito conhecido da torcida brasileira, mas isso deve mudar a partir da próxima quarta-feira, quando o jogador do Bayern de Munique vestirá a amarelinha pela primeira vez no amistoso contra a Inglaterra, em Wembley. Eleito melhor zagueiro do Campeonato Alemão no mês de dezembro, Dante se mostrou ansioso pela estreia e disse que sua ambição é ganhar espaço na Seleção para jogar a Copa do Mundo em casa.

Em entrevista ao jornal Extra, Dante disse que começou a carreira como volante no Juventude, onde o técnico Ricardo Gomes o recuou para jogar na zaga. Segundo ele, o técnico disse que 'como volante, seria igual a vários outros, mas como zagueiro seria diferenciado'. Na Europa, Dante passou por Lille, Charleroi, Standard Liège e Borussia Monchengladbach antes de ser contratado pelo gigante bávaro Bayern de Munique, em 2012.

O impacto foi tão grande que chegou-se a especular que ele poderia se naturalizar para atuar pela seleção alemã, fato que Dante descartou.

"Não passou de especulação. Sempre deixei claro que queria a Seleção Brasileira. Tinha e tenho o sonho de jogar a Copa do Mundo no Brasil. Aqui me disseram que ia relizar um só: jogar em casa, mas pela Alemanha. A seleção alemã é muito forte. Tudo poderia acontecer. Mas pode ser com o gostinho da camisa Amarelinha. Não tem dinheiro que pague isso, e eu espero estar lá," disse.

Quando soube da convocação, Dante comemorou muito e recebeu ligações da família, que estava no Brasil. No Bayern, a notícia também foi bem recebida.

"A repercussão no Bayern foi espetacular. Recebi muitas mensagens. O técnico Jupp Heynckes veio logo conversar coigo, me dizer para manter a seriedade, que a convocação foi apenas o reconhecimento do trabalho que eu venho fazendo," afirmou.

Sobre a disputa pela concorrida vaga de titular entre os 11, Dante falou com respeito sobre os concorrentes, mas deixou claro que seu objetivo é conquistar seu espaço.

"Thiago Silva é tido como um dos melhores zagueiros do mundo. O David Luiz está sobrando. Isso só faz todos crescerem. Quando um time, uma seleção, tem qualidade no banco, força o titular a jogar ainda mais. Mete pressão, no bom sentido. Quando vim para o Bayern, os zagueiros titulares eram de suas seleções. Sabia que ia ter grande concorrência. É no dia a dia. Dei do status que eles tem na Seleção. Por outro lado, quero ter vida longa com o Brasil," defendeu.

Dante também comentou a chegada de Pep Guardiola ao Bayern. O catalão irá encerrar seu ano sabático depois de deixar o comando do Barcelona no dia 1º de julho, que assumirá o comando técnico do Bayern de Munique.

"Nós ficamos muito felizes por saber que um treinador do porte dele está chegando. Vai nos ajudar muito. Vai melhorar ainda mais o Bayern. Vão chegar jogadores com ele. Vai atrai muito o foco, dar mais visibilidade. E eu tenho que trabalhar ainda mais forte," encerrou.

Relacionados