thumbnail Olá,

A sentença é referente a um episódio de quando o jogador ainda atuava no Palmeiras

O zagueiro Danilo, que atualmente joga pela Udinese, na Itália, foi condenado a um ano de prisão por racismo. A sentença foi proferida pela 18ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo e se refere ao incidente ocorrido em 2010 entre Danilo, até então no Palmeiras, e Manoel, do Atlético-PR.

Em um jogo da Copa do Brasil, o ex-palmeirense teria cuspido no rosto do zagueiro atleticano e o chamado de "macaco". Danilo foi condenado a cumprir um ano de prisão em regime inicial aberto e a pagar multa.

Como o jogador é réu primário, a punição pode ser substituída pelo pagamento de 500 salários mínimos, que serão destinados a uma instituição assistencial. A defesa de Danilo ainda pode recorrer.

Relacionados