thumbnail Olá,

"Não tenho medo da pressão, jogador de futebol vive disso... Vim aqui para fazer o meu melhor", afirmou

O brasileiro Lucas foi apresentado oficialmente pelo PSG nesta terça-feira, em Doha, no Catar. Em sua primeira entrevista pelo clube francês, Lucas afirmou que pretende se tornar o melhor jogador do mundo e até mesmo gostou das palavras do novo técnico Carlo Ancelotti que o comparou com Lionel Messi.

"Não tenho medo da pressão, jogador de futebol vive disso... Vim aqui para fazer o meu melhor. Fico feliz com as palavras do técnico. Vou jogar contra grandes times e grandes jogadores. Farei de tudo para alcançar o objetivo de ser o número um".

Apesar da pressão por conta do grande investimento do dono da equipe Nasser Al Khelaifi, o jogador afirmou que pretende casar bem o desempenho no PSG com a presença na seleção brasileira.

"Meu objetivo é ajudar o grupo a ganhar títulos. Esta equipe é competitiva, e penso que teremos sucesso. Não esqueço a seleção brasileira, e este objetivo de ser o melhor jogador do mundo. Nunca penso em perder em campo. Não tenho medo de pressão. Vou fazer o melhor todos os dias para honrar a camisa que visto".

O ex-sãopaulino também destacou a importância de Leonardo, diretor do PSG, em sua contratação e agradeceu o apoio do técnico Carlo Ancelotti.

"Fico contente de saber que o treinador confia em mim. O futebol é minha vida. Farei de tudo para alcançar os objetivos e dar alegrias aos torcedores. Quando eu entro em campo eu não tenho medo de nada, de me machucar, vou para cima e aqui, no PSG, os torcedores podem esperar um Lucas com determinação, raça, e que não se intimida. Darei meu melhor pelo clube depois de ter feito isso no São Paulo. O Paris é um grande clube. É um belo objetivo, e Leonardo me ajudou nesta tomada de decisão".

Relacionados