thumbnail Olá,

Com o título "Thiago Silva sabe fazer tudo", o site do L'Équipe publica nesta quarta-feira uma reportagem falando sobre o jogador

A estreia de Thiago Silva pelo Paris Saint-Germain impressionou o jornal L'Équipe, principal diário esportivo da França. Com o título "Thiago Silva sabe fazer tudo", o site do veículo publica nesta quarta-feira uma reportagem falando sobre o jogador, que marcou um gol na vitória por 4 a 1 do clube sobre o Dínamo de Kiev, nesta terça, no Estádio Parc des Princes, em Paris.

Thiago Silva, 27 anos, trocou o Milan pelo PSG em julho por 42 milhões de euros (R$ 110 milhões), mas sofreu uma lesão muscular e ainda não havia estreado pelo novo clube. Quando o fez, teve uma partida "quase perfeita", na análise do jornal, e "justificou sua etiqueta de melhor defensor do mundo".

Ainda nas palavras usadas pelo diário, o capitão da Seleção Brasileira "não precisou de muito tempo para mostrar toda a extensão de seu talento". O diário aponta que, "mesmo se o jogador ainda corra atrás de ritmo, já deixou mostras de belas coisas", recebendo os elogios do treinador, o italiano Carlo Ancelotti.

Ancelotti avaliou o trabalho de Thiago Silva como "muito bom" durante a abertura do Grupo A da Liga dos Campeões - o PSG lidera a chave com três pontos, mesmo número do Porto, que também na terça-feira bateu o Dínamo de Zagreb fora de casa, no Estádio Maksimir, por 2 a 0.

O italiano ainda ressaltou ter à disposição zagueiros de muita qualidade. Outro deles é o brasileiro Alex, ex-Santos, que também balançou as redes diante do Dínamo de Kiev. Thiago Silva disse que não tem nenhum problema em atuar ao lado do compatriota e comemorou o "bom retorno" aos gramados.

O ex-jogador do Fluminense admitiu que "no início não estava muito convencido" em se transferir ao novo milionário PSG, cuja maior parte das ações foi comprada em 2011 pelo fundo de investimento Qatar Sports Investiments (QSI).

Porém, o zagueiro apontou que agora "se sente bem" na capital francesa, assim como sua família. Apesar de tudo, ele ainda se disse um "torcedor" do antigo clube, o Milan, segundo publica o jornal italiano Corriere dello Sport.

Relacionados