thumbnail Olá,

Meia entrou bem durante a derrota dos ingleses diante do Atlético de Madrid

Aos 21 anos, o meia Oscar vive a experiência de se acostumar a uma cultura e contexto diferentes durante suas primeiras semanas de Chelsea. Em entrevista ao Terra, o jogador se mostra satisfeito com os minutos que tem recebido do técnico Roberto Di Matteo, tal como aconteceu no segundo tempo da partida contra o Atlético de Madrid, na última sexta-feira. Com a pausa para as datas internacionais, o brasileiro espera retornar pronto para ajudar sua equipe.

"O grupo me recebeu bem, todo mundo já está vendo minhas qualidades aos poucos, aí vou entrando aos poucos. Todos já me conheciam, acompanharam como foi nos Jogos Olímpicos, sabem que posso ajudar o Chelsea e depois dos amistosos com a Seleção pretendo ajudar bastante no decorrer da temporada", disse Oscar.

Sobre o jogo que definiu a Supercopa da UEFA 2012, o meia disse que o resultado final, 4 a 1, veio como uma surpresa, e põe fé na capacidade da equipe em recuperar o caminho das vitórias.

"Não esperávamos, somos fortes na marcação e tomar tantos gols em uma final não era esperado. O primeiro tempo foi diferente do que o Chelsea é capaz, podia ter vencido, acontece, agora é levantar a cabeça para o proximo jogo", finalizou.

O Chelsea volta à ação no dia 15, sábado, perante o QPR, no Loftus Road.

Como se atualizar com as notícias do futebol mundial fora de casa? Com http://m.goal.com - sua melhor fonte de cobertura para celulares do futebol.
   

Relacionados