thumbnail Olá,

Supercopa da UEFA e campeonatos nacionais europeus agitaram este final de semana!

QUEM FOI BEM

Adriano (Barcelona) - Barcelona 1 x 0 Valencia

- NOTA GOAL.COM:

4.0

- REDENÇÃO IMEDIATA


O ala brasileiro foi um dos principais alvos da imprensa esportiva no meio da semana, devido à expulsão no clássico contra o Real válido pela Supercopa da Espanha. Mas se recuperou com estilo, marcando o único gol da importante vitória blaugraná sobre o Valencia, no Camp Nou.

Miranda (Atlético) - Chelsea 1 x 4 At. Madrid

- NOTA GOAL.COM:

4.0

- SOBERANO NA EUROPA


Torres, Hazard, Ramires, Lampard. Na teoria, o Chelsea tinha tudo para causar pesadelos na defesa do Atlético durante a Supercopa da UEFA, mas não foi o que aconteceu. Além de uma atuação defensiva brilhante ao lado de Diego Godín, o ex-São Paulo enterrou de vez as pretensões dos ingleses com um gol na segunda etapa, aumentando o vexame dos favoritos à taça.

Marcelo (Real Madrid) - R. Madrid 3 x 0 Granada

- NOTA GOAL.COM:

3.0

- COADJUVANTE DE LUXO


Embalado pela conquista na Supercopa, os Blancos não precisaram de muito esforço para vencerem o pequeno Granada em seus domínios. Ainda assim, Marcelo teve boa atuação, ajudando Benzema e Ronaldo pela ponta esquerda com o apoio eficiente de sempre.

Marquinho (Roma) - Internazionale 1 x 3 Roma

- NOTA GOAL.COM:

3.5

- SUPER SUB


A Roma vencia a Inter por 2 a 1 em Milão, com menos de dez minutos para o apito final. Foi aí que o ex-Fluminense, que entrou no decorrer da partida, marcou o terceiro dos romanos em um chute cruzado e sacramentou a vitória gialorrossa no domingo.


QUEM FOI MAL

David Luiz (Chelsea) - Chelsa 1 x 4 At. Madrid

- NOTA GOAL.COM:

1.5

- CADÊ O FALCAO?


Verdade seja dita: Gary Cahill também tem méritos na festa que o colombiano Falcao Garcia fez na defesa dos Blues em Mônaco, na última sexta. Ainda assim, David Luiz se sobressaiu, perdendo o camisa 9 colchonero na marcação durante o primeiro gol, e errando em bola no lance que originou o segundo. Desastroso, para dizer o mínimo.

Rafael (Man. United) - S'hampton 2 x 3 United

- NOTA GOAL.COM:

2.0

- 'JOGA NO BAIXINHO!'

É bastante comum ver os times menores da Inglaterra apelando para o jogo aéreo no duelo contra os grandes. E foi exatamente o que fez o Southampton: Rafael se viu em apuro diversas vezes ao se deparar com os cruzamentos para a área, tanto que em um deles, não consegui evitar a subida de Lambert no gol que inaugurou o placar no St. Mary's. Menos mal para o United que Van Persie estava inspirado.
Sandro (Tottenham) - Tottenham 1 x 1 Norwich

- NOTA GOAL.COM:

2.0

- FALTAS E MAIS FALTAS

Em um jogo decepcionante dos Spurs como um todo, já que a vitória em casa era o mínimo a se esperar, Sandro não conseguiu se destacar positivamente. Ele deu um chute perigoso durante o primeiro tempo, mas exagerou no número de faltas e pareceu desatento em boa parte do tempo em que esteve no gramado. Foi substituído nos 45 minutos finais.

Relacionados