thumbnail Olá,

Ex-Fla e Galo é a prioridade do clube no momento, bem como mais um homem de frente

O Palmeiras está decidido em fechar a contratação do atacante Obina, apesar das dificuldades impostas pelos chineses do Shandong Luneng. Uma primeira tentativa de acerto com o clube asiático, que envolveria a negociação da totatalidade dos direitos do jogador, foi infrutífera, e agora os alviverdes acenam com o empréstimo do ex-Flamengo e Atlético.

Segundo o presidente Arnaldo Tirone, Obina não é o único alvo do Verdão para a linha de frente.

"O Palmeiras precisa de dois atacantes, o Obina e mais um. Estamos tentando buscar, mas não é tão fácil vestir a camisa do Palmeiras e ter um bom resultado", afirmou o mandatário, em declarações reproduzidas pelo site da Placar.

A busca por um jogador de frente se deve à falta de alternativas para o argentino Barcos, único centroavante de ofício no elenco palestrino. Luan, Mazinho e Maikon Leite têm alternado a disputa pela outra vaga no ataque. O alvo principal, porém, é Obina, já que Thiago Ribeiro deve ser adquirido em definitivo pelos italianos do Cagliari.

"Se depender de mim, o Obina pode vir. Não é uma negociação fácil. No começo, o clube não aceitava liberá-lo e conseguimos evoluir. Depois, chegou a estar praticamente certo, mas houve um recuo. Ainda acreditamos que o Obina possa vestir a camisa do Palmeiras", arrematou Tirone.

Como se atualizar com as notícias do futebol mundial fora de casa? Com http://m.goal.com - sua melhor fonte de cobertura para celulares do futebol.
          

Relacionados