thumbnail Olá,

Meia teria se disposto a pagar ao Rubin para voltar ao Grêmio, segundo boatos

O boato de que pagaria € 2 milhões de euros (cerca de R$ 5 milhões) para deixar o Rubin Kazan e voltar ao Grêmio é mentiroso, afirma Carlos Eduardo. O meia ficou irritado com as informações divulgadas pelo site Life Sports, e fez questão de ressaltar seu profissionalismo perante seu clube.

O veículo sugeriu que o brasileiro estaria disposto a pagar do próprio bolso o valor exigido pelos russos por sua liberação. Enquanto os gaúchos entrariam com € 7 milhões (R$ 17 mi), o jogador completaria os € 9 mi exigidos pelo Rubin.

"Quem fez isso [plantou a informação] está pensando em me prejudicar e prejudicar o clube. Nunca pensei em pagar do meu bolso para sair do Rubin Kazan. Gosto do clube e das pessoas que lá trabalham. Além de ter um respeito muito grande pelo presidente do clube", disse o brasileiro.

"E outra, não posso me dar ao luxo de gastar dois milhões de euros para ficar um ano no Brasil."

Ainda assim, Carlos Eduardo aproveitou para reforçar seu desejo de voltar a atuar pelo clube gaúcho.

"Amo o Grêmio e digo isso publicamente. Sou grato por tudo que fez por mim e que está fazendo agora na minha recuperação. Claro que gostaria de um dia voltar a vestir essa camisa e reencontrar essa torcida mais do que maravilhosa. Mas o momento não é esse", encerrou.

Informações do Lancenet.

Como se atualizar com as notícias do futebol mundial fora de casa? Com http://m.goal.com - sua melhor fonte de cobertura para celulares do futebol.

Relacionados