thumbnail Olá,

Por jogarem na Europa, os dois zagueiros estão em um nível mais alto do atleticano que ainda sonha com a Copa das Confederações.

No amistoso contra o Chile, nesta quarta-feira, no Mineirão, a Seleção Brasileira contará apenas com jogadores que atuam no país. Mas o zagueiro Réver, do Atlético-MG, está ciente que a desejada convocação para a Copa das Confederações, em junho, será formada principalmente por jogadores de times europeus.

Com esse pensamento, Réver admite que está um passo atrás dos titulares da amarelinha na posição, Thiago Silva e David Luiz, que jogam no PSG e no Chelsea, respectivamente, e que vai procurar aproveitar a oportunidade durante o amistoso para garantir seu lugar nas Confederações.

“Acho que eu ainda tenho muita coisa a melhorar, podemos dizer que o David e o Thiago estão até em um nível mais alto, principalmente por estarem na Europa, onde para alguns o futebol é mais concorrido. Creio que eles estão muito à frente de nós que estamos no futebol brasileiro. Mas vou buscar meu espaço e procurar incomodar, acho que todo treinador quer ter uma incomodação dessa maneira, vou trabalhar para o treinador estar repensando se já fechou as vagas ou ainda não”, disse ao ESPN.

Além dos dois jogadores citados por Réver, o zagueiro Dante é outro que está praticamente certo na competição, após uma temporada espetacular com o Bayern de Munique. Assim, restaria uma vaga aos zagueiros de times brasileiros, que deve ser disputada até o último minuto pelo atleticano, por Dedé do Cruzeiro e Henrique do Palmeiras.

“Estar sendo lembrando no nível desses jogadores já e uma conquista pessoal muito grande, agora é buscar outras conquistas, desenvolver meu trabalho no Atlético e buscar uma vaga na Copa das Confederações”, afirmou Réver.

O jogador também está animado por poder jogar no principal palco do futebol mineiro, casa do Atlético-MG antes da reforma. “Será a primeira vez que vou atuar no Mineirão pela seleção, espero que esse jogo possa ser lembrado por muitos anos. Para isso, preciso dar o meu melhor na quarta-feira. Vão ter muitos atleticanos e muitos cruzeirenses no estádio, acho que é válido as duas equipes se juntarem e colaborarem com a seleção brasileira para que a festa possa ser completa”, finalizou.

Relacionados