thumbnail Olá,

Inglês tentou dar lição de moral no craque brasileiro nesta quinta-feira, além de fazer piada de mau gosto sobre o país

"Não sei quem é ele". Assim Neymar respondeu às críticas do encrenqueiro Joey Barton, que havia escrito em sua conta no Twitter que jamais gastaria uma fortuna para contratar o craque brasileiro, se pudesse. Depois de saber da resposta, o meia do Olympique de Marselha voltou à rede social para tentar desqualificar ainda mais o atacante da Seleção, que passou em branco na derrota por 2 a 1 nas mãos da Inglaterra, na quarta-feira.

Em um tweet já apagado, Barton pega pesado e faz uma piada de mau gosto com o Brasil, em conversa com o apresentador Piers Morgan na rede.

"Se ele não me conhece, vou me apresentar a ele se algum dia resolver deixar o santuário daquela liga na selva amazônica", ironizou, fazendo referência ao Campeonato Brasileiro.

Para o inglês, a Joia santista precisa aprender a conviver com opiniões divergentes, e ainda disparou contra quem não aceita a crítica por parte de outros jogadores, ao contrário do que acontece com a imprensa.

"Parece que Neymar não ficou feliz com o que eu disse sobre ele. Por todo o alvoroço que existe em volta dele, esperava mais...", começou.

"O futebol é um jogo de opiniões. Se você não gosta disso, então ele não é pra você. Não entendo como as pessoas simplesmente aceitam quando jornalistas criticam uma atuação ou o comportamento de um jogador, mas quando é outro jogador o faz é taxado de incorreto. Chega a ser cruel."

"Se alguém sem qualificação critica o seu trabalho, você simplesmente ignora. Agora, se outra pessoa com alguma credibilidade na área o faz, você pode até não concordar, mas ela pode até estar certa."

"O que as pessoas precisam lembrar é que as árvores mais altas estão sujeitas aos ventos mais fortes. Se você não sabe conviver com isso, então não vai demorar muito até que caia do pedestal."

"É bom ter opiniões e ouvir outras, mas é ainda mais importante saber que todos tem uma e nem todo mundo pode ter razão."

Depois de encerrar os 'disparos', Barton, que soma muito mais polêmicas do que passagens no English Team (apenas uma), voltou a fazer graça com a atuação do atacante em Wembley na noite de ontem.

"Ele jogou contra Cahill e Smalling que, sem ser desrespeitoso, não é como se estivéssemos falando de Baresi e Beckenbaurer. E ele não conseguiu dar um chute a gol. Eu simplesmente me recuso a entrar nessa onda", arrematou.

Relacionados