thumbnail Olá,

Jogo marca a volta de Felipão ao comando da Seleção e, para muitos, é uma ótima oportunidade de conseguir a confiança do treinador

É só um amistoso, mas, para muitos jogadores, valerá como uma final de Copa do Mundo. O jogo contra a Inglaterra, nesta quarta-feira, marca o retorno do técnico Luiz Felioe Scolari ao comando da Seleção Brasileira, e muitos dos convocados sabem que o importante, logo de cara, é impressionar o treinador para garantir novas oportunidades. Com a Copa das Confederações já batendo à porta, cada convocação vale como uma decisão.

"Trabalho novo, todo mundo vai querer mostrar patra o Felipão. Creio que todo mundo quer chegar na Copa das Confederações e na Copa do Mundo," disse o volante Ramires, do Chelsea, na sua apresentação em Londres.

De volta à Seleção, assim como Felipão, Júlio César está satisfeito com o momento individual que vive no Queens Park Rangers, apesar da equipe ocupar a última colocação no Campeonato Inglês. Depois de um período afastado da amarelinha e da baixa que viveu na Inter, essa será a sua chance de mostrar que ainda pode ser o Camisa 1 da Seleção em uma Copa. A posição de goleiro sempre foi a grande indefinição de Mano Menezes, que testou vários nomes.

"Quero manter esse momento que estou vivendo, que é um momento maravilhoso, e retribuir essa confiança da comissão técnica," afirmou.

Para o zagueiro Miranda, do Atlético de Madrid, feliz por ser lembrando na primeira convocação de Felipão, o importante é mostrar para o novo técnico que ele merece voltar, mesmo que a sua vaga seja muito disputada.

"Na troca de treinador a oportunidade pe igual para todos. Agora é procurar fazer um grande trabalho na Seleção e procurar ter continuidade."

Já o atacante Hulk, figurinha carimbada nas convocações de Mano, vive a expectativa de disputar uma vaga com Luis Fabiano, Fred e Neymar nesse primeiro jogo de Felipão.

"Minha vontade nunca pode poder, é dar o máximo e representar bem nosso país. Com certeza vou fazer o máximo, agora com Felipão, e ganhar a confiança dele," declarou.

Relacionados