thumbnail Olá,

Goleiro também falou sobre disputa por vagas na Seleção e marca de 540 minutos sem sofrer gols

Desde que assumiu a camisa 1 da Seleção brasileira, o goleiro Diego Alves conseguiu uma grande sequência no time titular de Mano Menezes, condição da qual não deve abrir mão tão cedo. Na quarta-feira, porém, ele terá aquele que deve ser seu maior teste: o amistoso contra a Colômbia, em Nova Jersey, contra aquele que é um dos atacantes mais letais da atualidade: Falcao García, do Atlético de Madrid.

Diego, que já teve a oportunidade de enfrentar o artilheiro pelo Valencia, fez elogios ao 'rival' deste meio de semana.

"Ele é para mim o melhor centroavante do momento. Vive a melhor fase da sua vida e demanda um cuidado especial, tanto a ele quanto aos outros jogadores. É quem decide as partidas", afirmou, em declarações reproduzidas pelo Terra.

Há cinco anos no futebol espanhol, o camisa 1 vive um dos melhores momentos de sua carreira, fase essa transposta para o time de Mano Menezes: são 540 minutos sem sofrer gols, marca que, em tese, o ajudaria a se colocar à frente dos concorrentes na equipe titular. Mas ele não pensa da mesma forma.

"É importante, passa confiança, mas a gente sabe que vai chegar uma hora em que vai tomar gol. Estamos preparados, vamos manter os números enquanto puder, mas ao mesmo tempo é importante ganhar e fazer um bom trabalho."

"A cada treinamento tem que mostrar que tem condições de voltar. Toda partida tem sua história, e vamos tentando mostrar a confiança para seguir na Seleção", finalizou.

A partida contra os colombianos, às 22h30m desta quarta-feira, será o penúltimo compromisso do Brasil em 2012: no dia 21, a equipe formada apenas por atletas que atuam no país enfrenta a Argentina, pelo jogo de volta do Superclássico das Américas.

Relacionados