thumbnail Olá,

Meia aprova o saldo das oportunidades recentes, mas diz que disputa por posições está em aberto

De volta à Seleção brasileira nos amistosos contra Iraque e Japão, em outubro, o meia Kaká aprovou suas atuações nos compromissos mais recentes da equipe, que lhe garantiram mais uma oportunidade entre os comandados de Mano Menezes. Apesar da retomada com a Amarelinha, o jogador afirma que ainda não se vê garantido em futuros compromissos do Brasil.

"Eu me senti muito bem nos últimos dois jogos (goleadas de 8 a 0 no Iraque e 5 a 0 no Japão), mas ainda não estou consolidado. Participei dessas duas partidas de maneira ativa, fiz gols, dei passes, mas ainda falta muita coisa", afirmou durante a chegada a Nova Jersey para a partida contra a Colômbia, na quarta-feira.

Presente nas Eliminatórias para 2006 e 2010, o camisa 8 do Real Madrid acredita que a falta de competições oficiais pode agir contra a preparação da equipe para o Mundial.

"Realmente os jogadores sentem falta da competitividade das eliminatórias. Tem aquela tensão, o receio de ficar fora da Copa em uma eliminatória. Mas por outro lado não acho que isso faça algum time ganhar o Mundial. A França é um exemplo disso", concluiu.

As declarações foram extraídas do Globoesporte.

O Brasil encara a Colômbia nesta quarta-feira, 14, a partir das 22h30m.

Relacionados