thumbnail Olá,

O brasileiro saiu em defesa da Seleção, após pressão no PSG

No Paris Saint German, Thiago Silva não esteve nos últimos jogos da Seleção Brasileira, mas de longe o brasileiro acompanha a pressão e as vaias que o time sofreu. O jogador não condena a cobrança veemente dos torcedores brasileiros, mas dá um recado para aqueles mais exigentes com a Seleção.

"Ídolos e fenômenos só nascem a cada 15 anos. Não é toda hora que vai nascer um Ronaldo, um Bebeto ou um Romário. É muito complicado. Precisamos saber lidar com tudo isso e escutar menos as coisas. Quanto menos escutamos, melhor para gente".

Nesta quinta-feira, a seleção brasileira encara o Iraque, em Malmo, na Suécia. Depois, no dia 16, na Breslávia, na Polônia, há um desafio diante do Japão.

Relacionados