thumbnail Olá,

Luís Fabiano não havia sido convocado por Mano Menezes nenhuma vez até a última semana, quando foi chamado para o Superclássico das Américas

Camisa 9 da Seleção na Copa do Mundo da África do Sul, Luís Fabiano não havia sido convocado por Mano Menezes nenhuma vez até a última semana, quando foi chamado para o Superclássico das Américas. Um dos artilheiros do Campeonato Brasileiro, com 11 gols, o atacante comentou nesta segunda-feira, em Goiânia, a oportunidade recebida e alertou que sua idade, 34 anos, pode ser um entrave para sua sequência no time nacional.

"Estou ficando velhinho, é a idade, não sou mais garoto, tem que ter a cabeça no lugar. Espero ficar (na Seleção). Vim para desfrutar dos bons momentos, meu tempo está acabando, não sou mais garoto e vou tentar passar bons momentos, aproveitar essa boa oportunidade e na cabeça está que eu gostaria de ficar. Mas cabe a mim aproveitar a oportunidade também agora", declarou o centroavante.

Realizando uma grande temporada pelo São Paulo, Luís Fabiano relembrou dos seus problemas físicos que têm atrapalhado uma sequência de jogos no Campeonato Brasileiro. Mesmo não tendo atuado durante parte da temporada, porém, o atacante tem números expressivos nas competições que disputou em 2012.

"Tive problemas físicos depois da Copa. Fiz duas operações, o recomeço foi complicado, vinha sofrendo com lesões e acho que tudo isso atrapalha. Mas como a Seleção vivia um momento de reformulação, quem atuou na Copa ficou um pouco de fora pelo fato de estar buscando outras alternativas. Mas no geral a minha ausência foi mais pelas lesões e não pude dar continuidade, não pude voltar a fazer aquilo que estava acostumado que era jogar bem e fazer gols", completou.

Relacionados