thumbnail Olá,

Atacante acredita que maior parte das vaias aconteceram por conta da presença de clubes rivais do Santos

POR FERNANDO H. AHUVIA - DIRETO DE SÃO PAULO

Assim como já havia acontecido no último treino da Seleção Brasileira, o atacante Neymar foi o principal alvo das vaias da torcida na vitória por 1 a 0 sobre a África do Sul, nesta sexta-feira, no Morumbi. Após o duelo, o jogador do Santos admitiu que a Seleção não jogou bem, mas afirmou ter ficado chateado com as vaias e os xingamentos de pipoqueiro que vieram do público.

- Sabemos que não jogamos bem, mas conseguimos vencer. Fiquei triste com as vaias. Não estou pedindo para que gostem de mim, mas para que torçam pela Seleção Brasileira – declarou.

Neymar acredita que a pressão da torcida foi maior por conta da presença de clubes rivais do Peixe.

- Acredito que as vaias aconteceram porque tinha muito palmeirense, são-paulino e corintiano na torcida. Volto a dizer que eles tem que apoiar a Seleção – completou.

A Seleção agora segue para Recife, onde enfrentará a China, na segunda-feira, às 22h, no Arruda.

          

Relacionados