thumbnail Olá,

Depois da derrota para o México, na decisão pelo ouro olímpico, Romário volta a criticar Mano Menezes pelas convocações feitas pelo treinador durante os amistosos da Seleção.

O relacionamento entre Romário e Mano Menezes continua longe de ser cordial. Há cerca de duas semanas, os dois já haviam se estranhado, quando o treinador da Seleção Brasileira chamara o deputado federal e ex-jogador de “aproveitador”. Em resposta, Romário chamou Mano Menezes de “idiota”, “imbecil” e colocou em questão os critérios de escalação do elenco canarinho.

Nesta quarta-feira, Romário voltou a levantar suspeitas sobre a forma que Mano utiliza para relacionar a equipe: “Sobre a última convocação do Mano, mais um exemplo de que dentro da seleção está havendo um cartel nas convocações. A convocação do Hulk para a Olimpíada e, logo em seguida, a realização de uma das transferências mais caras da história do futebol. O jogador saiu do Porto, de Portugal, para o Zenit, da Rússia, por 55 milhões de euros (R$ 140,8 milhões)”, afirmou Romário pelo Twitter.

O ex-jogador já havia feito críticas à convocação de Hulk para a Olimpíada, logo após o técnico ter divulgado a listagem. Ainda em relação aos jogos olímpicos, Romário criticou duramente Mano Menezes após a derrota diante do México na decisão pelo ouro. “Ainda bem que a gente está vendo a última atuação dele na Seleção Brasileira”, afirmou na época.

A escalçaõ do goleiro Cássio, do Corinthians, foi outro jogador que levantou as desconfianças de Romário. “E, agora, o goleiro do Corinthians, que tem seus direitos econômicos ligados a pessoas da Confederação Brasileira de Futebol... após a convocação e alguns jogos pela seleção, se já não foi, será vendido para o Roma. Quem leva?”, indagou o político. As informações são da ESPN.

Relacionados