thumbnail Olá,

Dirigente exime treinador de culpa pela derrota nas Olimpíadas

A CBF continua apostando no trabalho de Mano Menezes à frente da Seleção brasileira. Em coletiva de imprensa na Suécia, onde a equipe joga na quarta-feira contra o selecionado local, o diretor de seleções Andrés Sanchez ressaltou que não há motivos para questionar a eficiência do atual comandante, apesar da derrota na final dos Jogos Olímpicos de Londres.

"Vamos insistir com ele", disse, em declarações reproduzidas pelo Lancenet.

"Tem que continuar o trabalho. Infelizmente, até a Copa do Mundo, a cada jogo que perder vai ter esse questionamento. Mas ele não é o culpado, assim como não seria o salvador se o Brasil tivesse ganhado a medalha de ouro."

Anteriormente, o presidente José Maria Marin também havia dado seu voto de confiança ao treinador gaúcho, no comando da Seleção desde 2010.

Como se atualizar com as notícias do futebol mundial fora de casa? Com http://m.goal.com - sua melhor fonte de cobertura para celulares do futebol.
          

Relacionados