thumbnail Olá,

Atacante ficou marcado pela grande quantidade de faltas cometidas por Honduras

Normalmente aplaudida por espectadores ao redor do mundo, a Seleção brasileira conheceu o outro lado da moeda em Newcastle nesta sábado, durante a partida contra Honduras. Os torcedores presentes se irritaram com a quantidade de faltas marcadas a favor dos brasileiros, vaiando quando a equipe pegava na bola ou quando o árbitro apitava contra Honduras.

O atacante Neymar, um dos mais visados pelas arquibancadas, disse não se abalar com a reação dos britânicos, e garante que a adversidade o motiva a ir além.

"Estou sempre preparado  para tudo, ser vaiado, aplaudido, é normal. Dá vontade de ajudar a seleção brasileira mais ainda", começou. As falas foram publicadas no Marca Brasil.

"O jogo, (não altera) nada, o que pode alterar é eu crescer dos dois lados (nos aplausos ou vaias), tem que viver os dois momentos."

Honduras terminou a partida com oito cartões amarelos e dois vermelhos. Espinoza, expulso ao final da partida, chegou a deixar o campo aplaudido pelo St. James Park.

"Nosso grupo não está querendo dar show, a gente quer vencer."

"A única vez que eu caí o cara foi expulso. Não deixo (a crítica) me afetar nada e vou sempre ajudar a seleção brasileira", encerrou Neymar.

O Brasil se encaminha em breve para Manchester, onde começa a se preparar para o duelo semifinal contra os sul-coreanos na terça-feira.

Como se atualizar com as notícias do futebol mundial fora de casa? Com http://m.goal.com - sua melhor fonte de cobertura para celulares do futebol.
          

Relacionados