thumbnail Olá,

Veja a avaliação de Goal.com para o último teste das seleções antes do início dos Jogos Olímpicos

GRÃ-BRETANHA

Steele: Foi pego fora do lugar na cabeçada que proporcionou o primeiro gol do Brasil, e não teve o que fazer com o pênalti bem cobrado por Neymar. Nota 2.0

(Butland): Muito mais exigido que seu predecessor, e mais eficiente. Evitou que a seleção local deixasse o campo com uma goleada nas costas, tendo parado o Brasil em pelo menos três chances claras. Nota 4.0

Bertrand: Deu liberdade demais a Neymar pelo lado direito, e pouco contribuiu ofensivamente. Nota 1.5

(Caulker): Entrou no segundo tempo e foi facilmente envolvido pela velocidade dos atacantes brasileiros. Nota 2.0

Richards: Cometeu o pênalti em Hulk, e foi constantemente atormentado pelo atacante brasileiro durante o primeiro tempo. Melhorou um pouco no segundo. Nota: 1.0

Tomkins: A inexperiência fez a diferença hoje, já que também deu liberdade demais aos atacantes brasileiros. Nota: 1.5

(Cork): Entrou na segunda etapa e deu mais toque de bola ao meio-de-campo. Nota 2.0

Taylor: Fora do lugar ao deixar Richards exposto a Hulk no lance do segundo gol. Defensivamente seguro na maior parte do tempo. Nota 2.5

Cleverley: Apagado na primeira etapa, ficou abaixo das expectativas. Nota 1.5

Giggs: Tentou levar uma equipe pouco preparada à frente. Fez o que pôde em campo. Nota 2.0

(Ramsey): Renovou o fôlego da equipe britânica no segundo tempo, e conseguiu segurar mais a bola na frete. Nota 2.5

Allen: Apareceu pouco para o jogo, e se estregou à marcação brasileira. Nota 1.5

Rose: O melhor inglês em campo. Criou quase sozinho as melhores chances da equipe na partida, sempre em jogadas pelo flanco esquerdo. Nota 3.5

Bellamy: Bem marcado por Thiago Silva enquanto esteve em campo, ficou isolado dos demais companheiros. Nota 2.0

(Sordell): Deu mais movimentação na frente, mas não apareceu muito. Nota 2.0

Sturridge: Sofreu algumas faltas na frente, e foi só. Nota 1.5

(Sinclair): Finalizou bem na melhor chance britânica na partida, que parou em grande defesa de Rafael. Nota 2.5

BRASIL

Rafael Cabral: Pouco trabalho no geral, mas teve tempo de fazer uma defesa espetacular à queima-roupa no início da segunda etapa. Nota 3.0

Rafael Silva: Teve trabalho com Rose pelo lado direito, principalmente na segunda etapa, mas foi seguro. Nota 2.0

Thiago Silva: Dominou o ataque britânico, apesar de ter permitido a finalização perigosa de Sinclair. Nota 3.5

Juan: Foi bem no acompanhamento a Sturridge. Enfim uma performance sem sobressaltos. Nota 3.0

Marcelo: Não apareceu tanto na frente quanto nos jogos anteriores, mas foi bem em suas funções defensivas. Nota 2.5

(Alex Sandro): Entrou no final e pouco tocou na bola. Sem nota

Sandro: Anotou o gol que abriu o placar, e foi implacável na marcação dos jogadores centrais do adversário. Nota 3.5

(Danilo): Entrou no final. Sem nota

Rômulo: Também foi bem defensivamente, e ainda teve algumas escapadas ao ataque. Nota 3.0

Oscar: Não foi tão decisivo quanto nas vezes anteriores, mas sempre apareceu para buscar jogo e fazer a bola rodar. Nota 3.0

(Lucas): Entrou com muita vontade na reta final e teve pelo menos duas boas oportunidades. Nota 2.5

Hulk: Evoluiu no quesito objetividade, economizando nos chutes de longa distância em favor de escolhas mais inteligentes. Grande jogada no lance do segundo gol brasileiro. Nota 3.5

(Ganso): Entrou no final e teve bons lançamentos. Nota 2.5

Neymar: Começou devagar, exagerou em alguns lances e foi eficiente ao converter o pênalti sofrido por Hulk. Cresceu nos segundo tempo e até chegou a perder chances claras, mas esteve mais próximo do jogador que todos esperam. Nota 4.0

Damião: Não aproveitou a fragilidade da defesa britânica como poderia, embora tenha se movimentado bastante. Teve um chute perigoso, de dentro da área, antes de ser substituído. Nota 2.0

(Alexandre Pato): Mesmo sem atuar por muito tempo, teve uma finalização mais perigosa do que seu antecessor teve na partida inteira. Talvez até mereça uma chance no time titular. Nota 2.5

           

Relacionados