Diretor do Grêmio diz que Marcelo Moreno está abaixo da concorrência

Rui Costa falou que, na avaliação interna do clube, o boliviano está em um patamar técnico inferior
Um dos assuntos mais em voga no Grêmio no momento é o caso Marcelo Moreno.

O jogador, que era titular no ano passado, hoje não figura nem no banco de reservas quando a equipe joga com os reservas.

Sobre o atleta, após o jogo de hoje contra o Passo Fundo, que acabou empatado em 1x1, o diretor Rui Costa afirmou: "O Marcelo precisa percorrer um caminho, que é técnico. Nós trabalhamos em sintonia, ele é um patrimônio do clube, é protagonista, e nós estamos trabalhando para que ele tenha esse protagonismo neste contexto".

Ao ser questionado se o jogador estaria tecnicamente abaixo dos outros atacantes do elenco, ele respondeu de forma afirmativa: "Na avaliação que fizemos internamente, sim".

Rui Costa ainda deixou no ar a possibilidade de o jogador deixar o clube: "Esse assunto não surgiu no Grêmio, eu venho trabalhando muito tempo isso internamente, não foi minha declaração de que com o Vanderlei não joga mais, que o Grêmio era isso ou aquilo".

"Não pode acontecer isso publicamente, de jogador exigir sua escalação pela imprensa. Respeito muito o Marcelo Moreno, mas neste momento não está sendo aproveitado por questão técnica, e o Grêmio tem que proteger sua questão hierárquica", finalizou Rui.