thumbnail Olá,

José Carlos Dias pediu desligamento da função

A união da nova diretoria do Flamengo sofreu um baque nesta semana, com a notícia da possível saída do vice-presidente José Carlos Dias. Nesta terça-feira, o clube carioca confirmou que o diretor pediu o desligamento.

O motivo da saída foi em virtude de problemas particulares e desavenças com o diretor executivo da área, Clemént Izard. José Carlos Dias havia pedido a demissão de Izard. Porém o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, negou.

O cargo deixado será ocupado por Cláudio Pracownik, vice-presidente administrativo do clube, que continuará com a antiga função, e assumirá a nova.

Na semana passada, Clemént Izard foi alvo de outra polêmica. Ele teria se envolvido em uma briga com Luiz Cláudio Cotta Silva, vice-presidente do Flamengo durante a gestão de Patrícia Amorim.

Relacionados