thumbnail Olá,

Na partida contra a LDU, alambrado do novo estádio quebrou

O Grêmio poderá mandar jogos do Campeonato Gaúcho e da Libertadores na Arena, pelo menos por enquanto. Nesta terça-feira, o clube entrou com um acordo com alguns órgãos de segurança do estado do Rio Grande do Sul.

A reunião definiu que o setor da Geral, onde o alambrado desmoronou, ficará interditado até uma solução para o problema localizado. Estiveram presentes da discussão, o secretário estadual de Justiça e Segurança, Airton Michels, o Comandante do Corpo de Bombeiros, Cel. Guido Pedroso de Melo, o representante do Batalhão de Operações Especiais (BOE), Capitão Ivens Campos dos Santos, além do presidente do Grêmio, Fábio Koff, e o administrador da Arena Porto-Alegrense, Eduardo Pinto e da Grêmio Empreendimentos, Eduardo Antonini.

"Em princípio o fundamental foi alcançado, que é podermos utilizar a Arena nos próximos jogos. A partir de agora precisamos pensar conjuntamente uma solução para que possamos manter essa área mais popular do estádio, mas garantindo um local seguro", afirmou Fabio Koff.

Airton Michels defendeu a decisão. "Enquanto não se tomar uma definição do que vai ser feito com essa área, e o clube nos solicitou um tempo para fazer uma avaliação e apresentar uma proposta, esta área estará isolada. Isso resolve a questão de segurança, resolve também a questão de responsabilidade do clube."

Relacionados