thumbnail Olá,

Zagueiro afirma ter se arrependido por confusões no último Gre-Nal do Olímpico e afirma que deseja conquistar a confiança do treinador tricolor

As férias não serviram apenas como tempo de descanso, mas também como reflexão, pelo menos para o zagueiro Saimon, do Grêmio. Depois de ser expulso no último jogo do Estádio Olímpico, no Gre-Nal que poderia ter dado a vaga direta para o Grêmio na fase de grupos da Libertadores, o jogador assumiu o erro e busca a confiança do treinador:

"Foi um grande erro. Sei que errei e quero melhorar. Sei que o Luxemburgo precisa de um jogador de confiança, e eu quero ser esse cara. Quero que ele olhe para mim e veja alguém que pode confiar. O tempo de férias serviu para uma reflexão. Quero ajudar no que ele precisar", disse o zagueiro.

De olho na Libertadores, o jogador sabe o que significa para o clube esta competição e quer ter a chance de mostrar todo seu potencial no grande objetivo gremista para a temporada.

"A gente só pode mostrar quando o grande desafio aparece. É um grande desafio para mim, é uma Libertadores importante para a gente. Temos plenas condições de chegar. Independente dos adversários, sabemos que existem os elementos todos, provocação, rivalidade. Vai ser fundamental manter a cabeça no lugar, vai ser um grande teste para afirmar que tenho condições de ajudar", completou.

Relacionados