thumbnail Olá,

O ex-jogador ficou cerca de oito meses no clube carioca

A rápida passagem de Zinho como diretor do Flamengo chegou ao fim. Nesta quinta-feira, o ex-jogador confirmou que as negociações com a nova presidência não avançaram e ele vai deixar o cargo na próxima temporada.

"Não ficarei em 2013. Analisei toda a situação e preferi sair de cabeça erguida. Amanhã, às 10h, no Ninho do Urubu, responderei a todas as perguntas sobre essa minha decisão", avisou Zinho, em entrevista ao Portal Lance.

A manutenção de Zinho era considerada quase impossível, já que o novo presidente Eduardo Bandeira de Mello contratou Paulo Pelaipe para diretor de futebol, cargo que o ex-jogador era responsável.

Durante os oito meses que ficou no cargo, Zinho foi lembrado pelas situações com o atacante Adriano. Nas vezes que o atacante faltou aos treinos ou participou d e outro tipo de polêmica, o diretor deu declarações de apoio e explicou a situação do atleta, que acabou saindo do Fla.

Relacionados