thumbnail Olá,

Em entrevista ao Jornal Extra, o diretor executivo de futebol do clube fala sobre o afastamento do jogador

Desmentido por Roberto Dinamite ao afirmar que Felipe não era mais um jogador do Vasco, René Simões concedeu uma entrevista ao Jornal Extra onde explicou que a declaração feita pelo presidente, onde dizia que o jogador continuava fazendo parte do elenco, foi um alerta que partiu dele próprio, já que a multa rescisória custaria 5 milhões de reais.

"Estão achando que o Roberto (Dinamite) foi contra mim quando falou que o Felipe era jogador do Vasco. Mas eu fui o primeiro a avisar ao presidente: 'Temos que cumprir o contrato, que vai até 2013'. Mas o Felipe está fora dos planos", afirmou o diretor.

Simões ainda fez questão de dizer que o jogador cumprirá o seu contrato, mas, por agora, longe dos gramados, pois considerou as recentes afirmações de Felipe a respeito da diretoria do Vasco uma grande falha disciplinar.

Perguntado sobre o fato do clube ter pago salário a apenas 13 jogadores, René Simões explicou seus motivos. "O critério? Se eu não pago, o jogador vai embora. Se não pago ao Eder Luis, ele entra na Justiça e o Vasco ainda tem que pagar 4 milhões de euros ao Benfica. Se não pago ao Felipe, ele entra na Justiça, ganha o passe e está livre", analisou.

Relacionados