thumbnail Olá,

O treinador também falou da Libertadores no Corinthians

O treinador Tite voltou a falar sobre a carreira, o futuro e tudo que passou na Libertadores com o Corinthians. Em entrevista para a Folha de São Paulo, ele disse que não vai ficar dez anos no cargo do clube alvinegro, por causa da cultura do futebol brasileiro.

"Não, não penso, porque não é da cultura do futebol brasileiro. O time que eu olhava e falava 'quero voltar' era o Corinthians. Quando recebi o convite, estava a cinco jogos para disputar o Mundial (pelo Al-Wahda, em 2010) eu avisei a família. E eles sabiam que eu queria voltar", disse o treinador.

Ele também comentou sobre a decisão da Libertadores. "Nós tínhamos uma certeza muito grande que seríamos campeões. Eu torcia para ser o Boca, pois sei que a Universidad do Chile tinha um time mais veloz e seria complicado."

Relacionados