thumbnail Olá,

Volante 'ignora' crise no Chelsea e espera Corinthians concentrado para a disputa no Japão

Depois de conquistar o Superclássico das Américas com a Seleção brasileira, na última quarta-feira, o volante Ralf voltou a São Paulo para se reapresentar ao Corinthians, de olho em outro título: o Mundial de Clubes, em dezembro. O jogador admitiu que a proximidade com o torneio gera certa ansiedade, ainda mais com o Brasileirão chegando ao final.

O Timão encara dois clássicos, contra Santos e São Paulo, antes de embarcar para o Japão.

"A expectativa é muito boa. Não tem como não falar nesses dois jogos e não pensar no Mundial. É inevitável. A gente vem trabalhando a cabeça da melhor forma possível para ficar tranquilo e viajar bem", disse, em declarações reproduzidas no site da Placar.

Boa parte da repercussão sobre o Mundial tem girado em torno do Chelsea, que acaba de promover uma troca no comando técnico, e que passa por crise devido ao retrospecto ruim na Premier League e na Champions League. Para Ralf, no entanto, o Corinthians deve pensar, apenas, no Corinthians.

"A gente sabe que o Chelsea não se define só pelo treinador. Eles têm as razões deles. Não cabe a mim elogiar ou crucificar. A gente está focado no nosso objetivo", finalizou.

O jogo diante do Peixe está marcado para as 19h30m deste sábado, no Pacaembu. É o último compromisso da equipe em casa antes da disputa do torneio na Ásia.


Relacionados