thumbnail Olá,

O adiamento ocorreu nesta quarta-feira, pois o ex-goleiro trocou de advogado

Após dois dias de sessões, a defesa do ex-goleiro Bruno conseguiu adiar o julgamento dele para março de 2013. A situação ocorreu, pois o jogador trocou de advogado e fez um pedido de adiamento. O ex-jogador foi indiciado pela suposta morte de Elizia Samudio, ex-namorada e mãe do filho dele.

Francisco Simim, antigo advogado de Bruno, apresentou, nesta quarta-feira, o documento de transferência do caso para as mãos de Lúcio Adolfo, novo defensor do ex-atleta. Com isso, a juíza Marixa Fabiane concedeu novo prazo para que a nova defesa possa estudar o caso.

A promotoria do caso criticou a situação, afirmando que se tratava de uma estratégia para adiar o julgamento. Francisco Simim confirmou a situação. “É estratégia sim, porque a gente precisava de mais tempo para estudar o processo”, disse o ex-advogado de Bruno.

Porém o julgamento dos outros dois réus continua. Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, e uma ex-namorada de Bruno, Fernanda Gomes de Castro, terão as sentenças divulgadas no fim das atuais sessões. Já Bruno, Dayanne Rodrigues do Carmo, ex-mulher do jogador, e Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, só voltam ao banco dos réus em 2013.

Como se atualizar com as notícias do futebol mundial fora de casa? Com http://m.goal.com - sua melhor fonte de cobertura para celulares do futebol

Relacionados