thumbnail Olá,

O presidente do clube admitiu nesta segunda que o Peixe pensa em uma espécie de compensação financeira pelo fato de ter perdido jogadores importantes na temporada

O presidente Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro admitiu nesta segunda-feira que o Santos pensa em uma espécie de compensação financeira à CBF pelo fato de ter perdido jogadores importantes durante parte da temporada. O clube não tem mais chances de vaga para a Libertadores 2013.

As reclamações santistas devem-se ao desfalque de Neymar em mais da metade do Brasileirão. O atacante serviu a seleção olímpica e principal do Brasil em uma série de compromissos e acabou sendo no final das contas um mero coadjuvante na Série A. Em diferentes momentos, o time de Muricy Ramalho ainda abriu mão de Rafael, Arouca e Ganso, hoje no São Paulo.

 "Entendemos que é justo que o Santos busque alguma forma de compensação. Porque a diferença é brutal. Esperamos que no ano que vem a gente monte um elenco mais numeroso, que impeça que o Muricy seja obrigado a escalar 11 'cabeças de bagre' só porque nossos craques estão na seleção. É uma frustração muito grande", manifestou o presidente santista.

Luis Alvaro afirmou que tentará o diálogo com a CBF a respeito de alguma alternativa de compensação, mas revelou que não obteve sucesso em iniciativa semelhante já em 2011.

A três rodadas do desfecho do Brasileirão, o Santos ocupa apenas a 12ª colocação, com 46 pontos, distante do pelotão de classificação para a Libertadores.

Relacionados