thumbnail Olá,

Representantes do meia pedem valor mais próximo dos R$ 55 milhões pedidos nos processos

Na primeira audiência para tentarem costurar um acordo, Ronaldinho e Flamengo não conseguiram chegar a um denominador comum, com a rejeição de uma oferta de R$ 8 milhões por parte do meia. Os representantes do jogador afirmam que ele ainda espera um valor maior, mais próximos dos R$ 55 milhões que estão sendo exigidos nos dois processos movidos contra o clube.

"Ficou aquém do que o atleta esperava. Depois de tanto tempo que a ação foi movida, a defesa pensou que o Flamengo teria um valor mais concreto para fechar acordo", afirmou a advogada Clara Galdino, que representa o atleta, ao Extra.

A sessão de conciliação no Fórum do Rio de Janeiro acabou suspensa pela presença de muitas pessoas, o que resultou em algumas ameaças contra Ronaldinho. Para o advogado do clube, Bichara Neto, é a oportunidade para que a negociação ganhe fôlego.

"Vamos esperar 15 dias para ver se vai ter acordo. Os valores são muito distantes, a dificuldade reside aí. Suspendemos o processo para poder negociar", disse ele, que representou o Fla ao lado de Marcos Motta.

Relacionados