thumbnail Olá,

"Não existe nenhum problema entre eu e o Rogério”, disse o treinador

Após polêmica com Rogério Ceni, o técnico do São Paulo, Ney Franco afirmou que não teme pelo seu emprego no clube e que não existe nenhum problema com o goleiro Tricolor.

O episódio aconteceu na quarta-feira durante a partida contra a LDU de Loja, em que o arqueiro pediu a entrada de Cícero, mas o treinador acabou colocando Willian José.

Ney Franco até fala que Rogério poderia ser um bom treinador.

“Tem tudo para ser um bom técnico. Além do conhecimento de futebol, acho que ele tem o perfil para liderança. Logicamente que precisa da tática. Não falo em sair como jogador e pegar logo um time profissional. Mas acho que ele tem o perfil, não sei se ele vai se aventurar porque todos sabem da dificuldade de assumir um time no Brasil. Mas é uma pessoa que se tiver paciência para fazer essa transição e no momento certo tem condição”, disse o comandante.

Mas Ney Franco também deixou claro que neste momento que quem dá as cartas é o treinador (ele).

“Minha postura é segura porque não tenho medo em questão de emprego, isso não faz parte do meu dia-a-dia, não tenho preocupação. Isso já elimina 80% de qualquer questionamento nessa área." 
 
"É cada um na sua, acho que em qualquer empresa funciona dessa forma. No momento que começa a confundir, um entrar na área do outro, dá problema. Sei me posicionar e não tenho medo nenhum de perder emprego em qualquer lugar que eu trabalhe”, completou.

Relacionados