thumbnail Olá,

O goleiro Fábio e o meia Montillo comentaram sobre a arbitragem, na derrota por 2 a 1, neste sábado, para o Grêmio

O técnico Celso Roth creditou a maior parte da responsabilidade da derrota por 2 a 1, neste sábado, para o Grêmio, à arbitragem. Para o treinador, o árbitro Jailson Macedo insistiu em marcar faltas próximas à área e teria conduzido o Grêmio para cima do Cruzeiro.

O goleiro Fábio e o meia Montillo também comentaram sobre a arbitragem, mas foram menos enfáticos que o comandante, preferindo dar mais atenção à falhas cometidas pelo time mineiro.

Montillo apontou faltas marcadas sobre os atacantes do Grêmio e destacou que lances semelhantes não teriam sido marcados a favor do Cruzeiro.

"Tem lances como os do Kleber, que está acostumado a tombar no zagueiro. Com o Anselmo (Ramon) era falta, e do outro lado não. Mas não podemos falar dentro de campo. O que a gente quer é que se for falta de um lado, que seja do outro também. Mas não gosto de falar do juiz".

Para Fábio, a pressão da torcida pode ter pesado no segundo tempo.

"Até certo ponto do jogo estava tranquilo. Ele (árbitro) vinha bem. Mas em certos momentos do segundo tempo o jogo ficou muito aguerrido, a torcida empurrando. O bandeirinha em lance de lateral deu impedimento. Ali ficou mais cobrança. Isso gera mais pressão em cima do árbitro".

Relacionados