thumbnail Olá,

"Vão continuar. O Bernardo jogou bem para o tempo que estava fora, fez o gol. Precisamos dar sequência para ele, está merecendo. O Felipe está melhorando", disse

O empate por 1 a 1 entre Santos e Internacional, neste último sábado, na Vila Belmiro, serviu para o técnico Muricy Ramalho aprovar uma nova dupla de meias armadores: Bernardo, autor do gol alvinegro, e Felipe Anderson. É fato que a dupla sentiu o cansaço na etapa final, caiu de produção e até pediu substituição para Muricy – o treinador atendeu só ao pedido de Bernardo, usando João Pedro no seu lugar. Mas mesmo permitindo a igualdade do Colorado no segundo tempo, os dois foram destaques do Peixe.

O próprio comandante reconheceu a boa atuação dos atletas e prometeu dar sequência aos jogadores como titulares nas próximas partidas. Eles já haviam atuado juntos na primeira rodada do Brasileirão, no empate sem gols entre Santos e Bahia, no dia 20 de maio.

 "Vão continuar. O Bernardo jogou bem para o tempo que estava fora, fez o gol. Precisamos dar sequência para ele, está merecendo. Os outros já tiveram. O Felipe está melhorando",analisa o treinador.

Desde a saída de Paulo Henrique Ganso para o São Paulo, o Santos procura um novo camisa 10 que substitua o antigo maestro à altura. Homem das bolas paradas e habilidoso, Bernardo não tem as características de cadenciar a partida como o agora jogador são-paulino, mas mostrou eficiência. Em mais de uma oportunidade contra o Colorado, ele levou bastante perigo em cobranças de falta.

A dúvida para Muricy armar sua equipe contra o Botafogo, na próxima quarta-feira, no Engenhão, será na escolha dos volantes. Com a volta de Adriano, que cumpriu suspensão pelo terceiro amarelo contra o Internacional, o comandante poderá optar entre ele, Henrique (caso o jogador não volte a sentir dores pela pubalgia) e Arouca.

Relacionados