thumbnail Olá,

Jogador do time carioca em 2009, o meia Zé Roberto também será titular do Bahia no confronto contra a equipe treinada pelo técnico Dorival Júnior

O goleiro Marcelo Lomba não é o único ex-rubro-negro que entrará em campo para encarar o Flamengo nesta quinta-feira. Jogador do time carioca em 2009, o meia Zé Roberto também será titular do Bahia no confronto contra a equipe treinada pelo técnico Dorival Júnior, em partida que será disputada no Engenhão, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro, e que possui ares decisivos para os dois lados.

Com passado recente no clube carioca, Zé Roberto guarda algumas lembranças que servem de alerta para o Tricolor. A torcida rubro-negra é uma das memórias que ainda não abandonaram o jogador, que não esconde a preocupação com a possibilidade da massa flamenguista transformar o Engenhão em uma grande panela de pressão.

"O Flamengo tem a torcida como ponto forte. Se compara muito ao Bahia por ser um clube de massa e, com o apoio da torcida, cresce muito nas partidas. Nós jogadores conversamos para não dar chances ao time deles. Afinal, cinco minutos de bobeira podem definir o resultado do jogo", disse o jogador tricolor.

A torcida, no entanto, também pode jogar contra o próprio Flamengo, como lembrou Zé Roberto. A fonte de inspiração do jogador é uma partida realizada no Brasileirão deste ano. Na 23ª rodada, o Bahia goleou o Vasco em São Januário em partida que foi marcada por protestos contra o time da cruz de malta e também contra o técnico Cristóvão Borges.

"O Flamengo tem uma torcida que apoia, mas também cobra muito. Temos que jogar essa pressão para cima deles. Dentro de campo, temos que fazer nossa parte e procurar não errar para ter mais tranquilidade na partida",acrescentou o meia.

Contratado no início do ano, Zé Roberto entrou em campo 32 vezes com a camisa tricolor. Apesar do número elevado de partidas, o meia ainda não marcou gols pelo Bahia. A expectativa é de que o jejum acabe logo, se possível no duelo contra o Flamengo.

"Verdade que ainda não fiz gols no Bahia. Isso gera até uma certa ansiedade. Fico com vontade de fazer meus gols, principalmente contra time grande, como é o Flamengo. Espero que saia um golzinho nesta quinta-feira",desejou.

Saco de pancadas dos cariocas no primeiro turno, o Bahia virou o grande carrasco dos times do Rio de Janeiro na segunda metade do Brasileiro. Nas últimas rodadas, o Tricolor enfrentou Vasco e Botafogo e venceu as duas partidas, com saldo de seis gols marcados e nenhum sofrido.

Relacionados