thumbnail Olá,

Léo Moura , que voltou para a posição que ocupava no início da carreira, afirmou que não tem ciúmes de Wellington Silva, que virou o novo dono da lateral direita

Léo Moura , que voltou para a posição que ocupava no início da carreira, afirmou que não tem ciúmes de Wellington Silva, que virou o novo dono da lateral direita.

"Nunca fui, nem nunca vou ser egoísta. Ele está crescendo muito no futebol, estamos dando liberdade, apoio, tudo para que ele se desenvolva. Estou muito feliz com o Wellington Silva. Ele é um moleque que sempre conversa comigo, tenta tirar alguma coisa, eu procuro na experiência sempre poder ajudar", disse, em apoio ao atleta, que foi escolhido revelação do Campeonato Carioca e trazido do Resende a pedido do ex-técnico Joel Santana.

Na atual temporada, sem conseguir impor a mesma velocidade nas subidas para a linha de fundo pelas quais ficou conhecido, Léo Moura passou a enxergar a possibilidade de atuar no meio. Segundo o camisa 2, estava tudo arquitetado para 2013, mas Dorival Junior fez a opção e o planejamento ficou de lado.

"Estou gostando muito, me sentindo muito bem. Pego na bola e passa um filme na cabeça de uma posição que gosto e sei jogar. Sei que tenho que melhorar para ajudar o Flamengo. Vinha pensando, era mais para o ano que vem, mas é bom que já vou me estruturando para começar 2013 em uma posição que gosto de jogar", comentou.

O próximo compromisso do Flamengo será contra o Bahia, nesta quinta-feira, às 21h, no Engenhão. Mais uma vez, Léo Moura deverá atuar no meio. O problema para o confronto é na outra lateral. Ramon foi expulso contra o Fluminense. Magal é a opção do treinador para o setor.

Relacionados