thumbnail Olá,

Zinho anunciou medida, mas ainda acredita na recuperaçao do atleta

Nessa segunda-feira, o atacante Adriano precisou dar explicações sobre a falta aos treinos nos últimos dias, e já chegou à sua terceira advertência no Flamengo. O diretor de futebol Zinho se reuniu com o jogador durante a tarde para tentar entender os motivos da atitude do jogador, mas não obteve respostas.

De acordo com o dirigente, o jogador pondera sobre a continuidade da própria carreira.

"Percebi nos olhos dele que ele não tinha uma resposta. Ele diz que está confuso, perturbado, em dúvida se continua a carreira devido a problemas particulares", disse, em declarações reproduzidas pelo Estadão.

Pelo acordo firmado entre jogador e clube, o Rubro-negro já teria o direito de rescindir unilateralmente o contrato do jogador, mas a intenção é insistir em sua recuperação.

"Cheguei ao meu limite, estou desgastado. Mas não quero que ele acabe para o futebol. Eu tenho muito medo se ele parar de jogar futebol", disse Zinho.

"O Adriano assinou a terceira advertência dele, falei que o clube teria todas as condições de rescindir o contrato dele, mas eu, uma decisão minha, quero acreditar que ele possa se recuperar."

Nos próximos dias, Adriano deve conversar com o empresário Luca e com familiares para decidir seu futuro. Caso decida pela continuidade na carreira, o Fla não deve mais aceitar deslizes.

Como se atualizar com as notícias do futebol mundial fora de casa? Com http://m.goal.com - sua melhor fonte de cobertura para celulares do futebol.
   

Relacionados