thumbnail Olá,

Vasco e Diego Souza sonhavam que a negociação para o Al Ittihad, da Arábia Saudita, seria benéfica financeiramente para as duas partes, mas começam a viver um pesadelo

Vasco e Diego Souza sonhavam que a negociação para o Al Ittihad, da Arábia Saudita, seria benéfica financeiramente para as duas partes, mas começam a viver um pesadelo. O clube do Oriente Médio não pagou pela compra dos direitos econômicos, e o departamento jurídico cruz-maltino decidiu acionar a Fifa nesta terça-feira. A última cartada, após dois meses de negociações amigáveis, foi a ida do advogado do jogador à sede local. Mas ainda não se ouviu notícias. Por isso, não há muita esperança de que haja solução.

Dono da fatia de 33,3% do meia, o time carioca tem a receber cerca de R$ 6 milhões no total. O restante pertence à Traffic, que também buscou um acordo, sem sucesso, por intermédio de sua direção internacional. Como uma prova de que o caso não será mesmo simples, nem mesmo o ex-camisa 10 teria visto a cor do dinheiro. Salários e luvas estão atrasados. Enquanto isso, Diego Souza esquece o problema, marca gols e já até deixou sua equipe mais próxima de ir ao Mundial de Clubes organizado pela entidade máxima, em dezembro. A diretoria prepara uma petição na qual destaca a necessidade do dinheiro para pagar salários, que já estão atrasados de novo - assim como direitos de imagem - e não há, hoje, previsão de recurso para honrar o compromisso.


Relacionados