thumbnail Olá,

O nome do Jorginho era um consenso, houve uma aproximação, mas o próprio Jorginho disse que seria impossível sair do Bahia agora", revelou Cesar Sampaio

A primeira missão para tirar o Palmeiras da zona de rebaixamento será encontrar um novo treinador o mais rapidamente possível, segundo o gerente de futebol do clube, César Sampaio. Durante entrevista ao programa "Redação SporTV", o dirigente destacou a dificuldade para fechar a contratação.

"Esperamos acertar a contratação o mais rápido possível, com todo o respeito ao Narciso.  Infelizmente, os nomes que nós cogitamos estão empregados, com contratos longos e bem remunerados. O nome do Jorginho era um consenso, houve uma aproximação, mas o próprio Jorginho disse que seria impossível sair do Bahia agora", revelou Cesar Sampaio.

O gerente de futebol afirmou que a saída de Felipão foi definida em reunião apenas com o presidente Arnaldo Tirone e os vice-presidentes do clube.

 Quem negociou direto com o Felipão foi o presidente com os vices. Eu, como gerente, acabei equacionando determinadas situações, depois que a decisão foi tomada.

A derrota para o Corinthians, no domingo, foi a terceira seguida do Palmeiras no Brasileirão. Mesmo assim, César Sampaio segue confiante que o Alviverde continuará na Série A de 2013.

"Palavras neste determinado momento não revertem a situação, que é complicada. Eu assumo a responsabilidade proporcional à minha. Mas ainda depende só do Palmeiras. A cada rodada fica mais difícil, mas é nesse sentido que trabalhamos".

Em penúltimo lugar, o Palmeiras volta a campo no próximo sábado, contra o Figueirense, no estádio Orlando Scarpelli.

Relacionados