thumbnail Olá,

Tal qual em 2011, quando começou a ser duramente criticado pela torcida, ele voltou a decidir pelo próprio afastamento

A ausência de Bolívar na relação dos jogadores à disposição para o confronto com o Fluminense não foi uma escolha exclusiva de Fernandão. Outra vez o zagueiro fez valer sua força dentro do vestiário, usou seu status de medalhão, e se afastou da condição de reserva. Tal qual em 2011, quando começou a ser duramente criticado pela torcida, ele voltou a decidir pelo próprio afastamento.

 É uma espécie de movimento de defesa do zagueiro, multicampeão e porta-voz do elenco vermelho. Ao ser comunicado de que seria reserva mais uma vez, pediu para ser liberado da concentração. Com a alegação de que assim poderia intensificar os treinamentos para melhorar os condicionamentos físicos e técnicos.

“Eu conversei com o Bolívar na sexta-feira. Ele pediu para mim para ficar trabalhando a parte técnica e física dele. Ele estava em um momento super bom, estava super bem. Lógico que ele fica chateado de ter saído do time, mas ele me pediu para ficar fora do banco. Para que ele pudesse seguir trabalhando no final de semana”, contou Fernandão.

Bolívar já havia sobrado do banco de reservas contra o Flamengo. Horas antes do time vermelho golear os cariocas, o defensor foi liberado da concentração por ter diagnosticada uma forte gripe. Após a partida o resfriado foi revelado e Fernandão criou aquilo que chamou de rodízio de zagueiros – citando Índio, Rodrigo Moledo, Juan e Jackson.

Internamente, Bolívar é visto como um zagueiro de imposição física e liderança em campo. Mas sua reação aos momentos em que é preterido do time titular tem incomodado os dirigentes. No Gre-Nal 393 ele foi mantido e Índio foi quem saiu para a entrada de Juan.

Em 2011, Bolívar se antecipou ao então técnico Dorival Júnior e comunicou seu afastamento do time titular. Em uma entrevista surreal, o zagueiro definiu que ficaria fora da equipe para buscar recondicionamento. Acabou voltando algumas rodadas depois em virtude de suspensões, mas fechou a temporada em baixa. Quase indo parar no Flamengo. As informações são do site uol.com.

Relacionados