thumbnail Olá,

Clube e treinador conversam desde a conquista da Copa do Brasil

A renovação do técnico Luiz Felipe Scolari com o Palmeiras sequer saiu do papel mas, no que depender das duas partes, a parceria retomada há duas temporadas deve durar por mais algum tempo. O presidente Arnaldo Tirone acenou com um novo acordo, mas lembra que, no momento, o clube deve pensar em sair da situação complicada no Brasileirão: é 17º após 22 rodadas, com 20 pontos conquistados.

Para o mandatário, perder um profissional do calibre de Felipão não faz parte dos planos do Verdão.

"O Felipe é uma pessoa bem consciente. Estamos focados em recuperar a pontuação no Campeonato Brasileiro. Claro que conversamos anteriormente, depois da Copa do Brasil, com a condição dele seguir, e ele mostrou interesse. Não há nenhum problema financeiro. Falamos que o Felipão tem que continuar. Essa é nossa intenção: fazer uma renovação de contrato de mais um ou dois anos para seguir nosso planejamento", disse, em declarações reproduzidas pelo ESPN Brasil.

"Essa história de ficar mudando de técnico não funciona. O Palmeiras tem um treinador que, se não for o melhor, é um dos melhores do Brasil e do mundo. Se depender de nós, o contrato do Felipe será renovado."

Outra parte importante do planejamento do Palmeiras com relação à disputa da Copa Libertadores, em 2013, diz respeito a reforços: Tirone garantiu que o clube se fará presente no mercado quando for a hora.

"Temos condições de investir. O Palmeiras tem um passivo e está administrando isso. Não temos dinheiro sobrando, mas temos condições de adquirir novos jogadores. Faremos esforços para qualificar o elenco", finalizou.

Neste domingo, os paulistas encaram o Atlético-MG em Belo Horizonte, a partir das 18h30m.

Como se atualizar com as notícias do futebol mundial fora de casa? Com http://m.goal.com - sua melhor fonte de cobertura para celulares do futebol.
   

Relacionados