thumbnail Olá,

Neste domingo, antes do duelo contra o Flamengo, um grupo de são-paulinos se reuniu na entrada do portão principal do Morumbi e não poupou xingamentos ao presidente do clube

A torcida do São Paulo escolheu um "culpado" pela fase irregular do time no Campeonato Brasileiro. Neste domingo, antes do duelo contra o Flamengo, pela 13ª rodada, um grande grupo de são-paulinos se reuniu na entrada do portão principal do Morumbi e não poupou xingamentos ao presidente Juvenal Juvêncio. Na chegada do ônibus com a delegação, a segurança foi reforçada e abriu caminho para a passagem do veículo.

"Juvenal, vai se f... o meu São Paulo não precisa de você", gritaram os torcedores.

Por outro lado, o goleiro Rogério Ceni teve seu nome gritado a todo momento. O capitão e ídolo do São Paulo volta depois de seis meses parado, por causa de uma cirurgia no ombro direito. Juvenal também estava dentro do ônibus, e desceu com uma feição assustada, sem conversar com os jornalistas.

Quem tomou a palavra foi o vice-presidente João Paulo de Jesus Lopes, que considerou o protesto normal e ainda analisou a atuação da equipe na derrota por 4 a 3 para o Atlético-GO, na quarta-feira.

"Esses protestos são naturais, o torcedor está insatisfeito com o desempenho da equipe. Estranho seria se não houvesse essa insatisfação. Cometemos alguns erros grosseiros na quarta-feira, e tenho certeza de que serão corrigidos",afirmou o dirigente.As informações são do site globo.com.

Relacionados