thumbnail Olá,

Meia anunciou aposentadoria nesta quarta-feira, mas seguirá ligado ao futebol alviverde

Aos 36 anos, o meia Tcheco anunciou, nesta quarta-feira, que está encerrando a carreira como jogador de futebol. Admitindo a dificuldade em encarar essa nova etapa, o ex-jogador lamenta não só ter perdido o título da Copa do Brasil para o Palmeiras, na última semana, como sequer ter entrado em campo durante as finais.

"Uma das minhas frustrações no futebol - e não tem nada a ver com o treinador Marcelo Oliveira, mas uma coisa particular – foi não ter jogado as duas última finais da Copa do Brasil, do ano passado e agora, no Couto Pereira. Não estou falando que mudaria o resultado ou que seria campeão", começou, conforme publicado no Globoesporte.

"Foram as duas únicas decisões que não disputei na minha carreira, justamente em um momento muito importante na minha vida. Mas tenho que ter respeito aos outros jogadores e a decisão do treinador."

Ele lembrou ainda outros dois momentos na carreira: a derrota na Copa Libertadores 2007, quando defendia o Grêmio, e a assinatura do primeiro contrato profissional com o Mallutrom, hoje Corinthians-PR.

"A tristeza também é marcante. O que fica na minha mente é o primeiro título que perdi no Grêmio. Disputei 18 títulos e ganhei doze. Foi uma média muito boa, ainda mais para o jeito que o futebol é. Mas aquele que perdi no Grêmio a Libertadores. A reação de tristeza e desânimo dos torcedores fica marcado também."

"Acho que um momento marcante, mas que não parece ser muito interessante, foi quando assinei o meu primeiro contrato como profissional. O jogador só sonha, mas não imagina o que vem pela frente. Primeiro tem que chegar em uma grande equipe e depois se manter", declarou.

A partir de agora, Tcheco passa a trabalhar como um executivo de futebol dentro do Coxa. Momento esse sintetizado pelo presidente Vilson de Andrade.

"É triste porque perdemos o capitão dentro do campo. Mas estou feliz de ter ganhado um capitão internamente no clube", encerrou.

Em duas passagens pelo clube, Tcheco disputou 141 partidas e marcou 20 gols. Conquistou os Estaduais de 2003, 2011 e 2012 com a camisa alviverde, além de ser um dos expoentes da equipe campeã brasileira da Série B, em 2010.

Como se atualizar com as notícias do futebol mundial fora de casa? Com http://m.goal.com - sua melhor fonte de cobertura para celulares do futebol.
          

Relacionados