Após brigar com Obina em 2009, Maurício critica Verdão por chance dada ao atacante

Os dois brigaram em partida contra o Grêmio pelo Brasileirão de 2009
O zagueiro Maurício Nascimento criticou a volta de Obina ao Palmeiras. Na opinião do atleta, o Verdão perdoou o atacante, mas não a ele após briga em campo na partida contra o Grêmio, no Olímpico, pelo Brasileirão de 2009.

“Estou bem chateado, porque não foram corretos comigo. Nós dois fomos crucificados naquela época. Agora, estão dando uma nova oportunidade a ele, mas nunca deram para mim. Ganhei tudo na base e sempre trouxe felicidade para o clube, mas nunca reconheceram isso”, disse Maurício à Gazeta Esportiva.Net.

Maurício, que atua no Joinville mas ainda tem contrato com o Palmeiras, revelou que não tem nada contra Obina.

"O Obina é meu amigão, gente boa para caramba. Nós nos falamos bastante depois daquilo, inclusive quando ele estava na China, pela internet. Foi resolvido no mesmo dia e acho que ele tem muito a somar agora ao clube. Só fiquei muito chateado com a diretoria, porque não me deu uma nova chance. Sem querer desrespeitar os companheiros, acho que poderia ter sido aproveitado”, afirmou.

Obina está sendo apresentado neste momento ao time de Palestra Itália.