thumbnail Olá,

Os dois brigaram em partida contra o Grêmio pelo Brasileirão de 2009

O zagueiro Maurício Nascimento criticou a volta de Obina ao Palmeiras. Na opinião do atleta, o Verdão perdoou o atacante, mas não a ele após briga em campo na partida contra o Grêmio, no Olímpico, pelo Brasileirão de 2009.

“Estou bem chateado, porque não foram corretos comigo. Nós dois fomos crucificados naquela época. Agora, estão dando uma nova oportunidade a ele, mas nunca deram para mim. Ganhei tudo na base e sempre trouxe felicidade para o clube, mas nunca reconheceram isso”, disse Maurício à Gazeta Esportiva.Net.

Maurício, que atua no Joinville mas ainda tem contrato com o Palmeiras, revelou que não tem nada contra Obina.

"O Obina é meu amigão, gente boa para caramba. Nós nos falamos bastante depois daquilo, inclusive quando ele estava na China, pela internet. Foi resolvido no mesmo dia e acho que ele tem muito a somar agora ao clube. Só fiquei muito chateado com a diretoria, porque não me deu uma nova chance. Sem querer desrespeitar os companheiros, acho que poderia ter sido aproveitado”, afirmou.

Obina está sendo apresentado neste momento ao time de Palestra Itália.

Relacionados