thumbnail Olá,

Nesta segunda-feira, o departamento médico do clube confirmou cinco desfalques por lesão, além dos três suspensos no empate em 1 a 1 com o São Paulo, no último domingo

O Palmeiras não terá quase um time inteiro no duelo de quinta-feira contra o Coritiba, às 21h (horário de Brasília), no Couto Pereira. Nesta segunda-feira, o departamento médico do clube confirmou cinco desfalques por lesão - além dos três suspensos no empate em 1 a 1 com o São Paulo, no último domingo, na Arena Barueri. No total, são oito jogadores fora do confronto, sem contar o volante Marcos Assunção, que ainda é dúvida.

O atacante Luan apresenta o caso mais grave, já que um estiramento na coxa direita vai tirá-lo de combate por 30 dias. Ele sentiu dores no local durante a final da Copa do Brasil contra o mesmo Coritiba, na quarta-feira passada, e nem jogou o clássico de domingo. Também com problemas na coxa, os zagueiros Maurício Ramos, Thiago Heleno e Román não jogam. O atacante Barcos, que ainda se recupera de cirurgia para retirada do apêndice, passará por consulta médica nesta terça-feira, mas sem chances de jogar.

Além destes jogadores, o técnico Luiz Felipe Scolari não poderá contar Henrique, João Vitor e Maikon Leite, advertidos com cartões no clássico e suspensos. O goleiro Bruno chegou a preocupar com uma pancada na coxa esquerda, mas não será problema para o duelo. Nesta segunda, ele não foi a campo e ficou em tratamento.

Marcos Assunção pode jogar, mas o seu quadro de gripe piorou. O jogador nem apareceu na Academia de Futebol e está em repouso, passando por tratamento.

"O Assunção piorou um pouco, mas é gripe, vamos ver como será a recuperação. Todos os outros lesionados estão fora. Vamos ter cautela, não adianta apressar nada", informou o médico palmeirense Otávio Vilhena.

Outro desfalque, este há muito tempo, é o meio-campista Wesley. Ele já chegou a correr em volta do gramado na semana passada, mas ainda terá, no mínimo, mais três meses de recuperação depois de uma cirurgia no joelho direito.

Relacionados