thumbnail Olá,

O uruguaio decidiu que não quer continuar em General Severiano, porém sua saída não será tão simples. caso deixe o clube, a multa rescisória seria em torno de R$ 9 milhões.


Loco Abreu  já decidiu que não quer continuar no Botafogo, mas sua saída não será tão simples. O uruguaio tem contrato com o clube até o fim de 2013, com renovação automática de mais seis meses, mas sonha com acordo amigável para a rescisão. Segundo o site uol.com.br, o Botafogo, no entanto, não pretende abrir mão da multa rescisória, que gira em torno de R$ 9 milhões.

O valor é considerado alto para um jogador de 35 anos e, por conta disso, a diretoria aceitaria negociar uma redução na quantia previamente estipulada em contrato. Por outro lado, os alvinegros não abrirão mão de uma recompensa, já que contaria com a presença do atacante para as disputas do Campeonato Brasileiro e da Copa Sul-Americana.

Após ser apresentado como garoto propaganda da Puma, Abreu admitiu na última segunda-feira que estudava a possibilidade de sair do Botafogo. O uruguaio não se adaptou ao esquema tático utilizado pelo técnico Oswaldo de Oliveira, com quem mantém conversas constantes sobre seu aproveitamento na equipe. O treinador disse que contaria com seu futebol dede que o jogador aceitasse ficar como opção, apesar de sua importância para o grupo.

Com o sonho de disputar a Copa do Mundo de 2014, que será realizada no Brasil, Loco Abreu pediu para ser liberado da partida contra o Internacional, no Beira-Rio, porque precisava pensar sobre sua situação no clube. Assim, o uruguaio procura uma saída para conseguir voltar a jogar futebol. O Nacional-URU, seu time de coração, surge como possibilidade. Mas o clube uruguaio não tem condições financeiras para viabilizar a negociação.

Neste domingo, o Botafogo enfrenta a Ponte Preta, às 18h30, no Engenhão, pelo Campeonato Brasileiro.

Relacionados